Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > NEPHIME lança livro sobre história do ensino em Timon
Início do conteúdo da página Notícias

NEPHIME lança livro sobre história do ensino em Timon

Publicação “História do Ensino Primário e Secundário de Timon (1950-1986)” será lançada no dia 1º de julho, às 19h. Livro é fruto de pesquisa do Núcleo de Estudos e Pesquisas História e Memória das Instituições Escolares (NEPHIME) do Campus Timon
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 24/06/2020 11h26
  • última modificação 24/06/2020 11h26

O livro “História do Ensino Primário e Secundário de Timon (1950-1986): instituições e práticas educativas” será lançado em evento on-line, transmitido no dia 1º de julho, às 19h, pelo Google Meet. A publicação é fruto dos resultados de estudos e pesquisas do Núcleo de Estudos e Pesquisas História e Memória das Instituições Escolares (NEPHIME) do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Timon. As inscrições são realizadas pelo site do evento de lançamento. Todos podem participar, mas os inscritos receberão certificado. O livro é liberado para download.

Serviço

O quê?

Lançamento on-line do livro “História do Ensino Primário e Secundário de Timon (1950-1986): instituições e práticas educativas”

Quando?

1º de julho, às 19h, pelo Google Meet no link meet.google.com/inr-wpwf-kwx

Site para inscrições

https://www.even3.com.br/timon2020/

Clique para Download do livro

O livro reúne artigos produzidos pelo NEPHIME de 2013 a 2019, com foco na história da educação e das instituições de ensino em Timon. A obra contribui para traçar um panorama sobre a educação institucionalizada e a formação curricular, de 1950-1986, na parte continental do Maranhão.

Os textos são organizados pela professora Odaléia Alves da Costa, coordenadora do NEPHIME, e pelo aluno Tiago Rodrigues da Silva. Os capítulos são assinados pela professora e o grupo de estudantes que participou da pesquisa – Ana Gardênia de Araújo Marques, Bruna Elizangela da Costa Pereira, Edvin Luisi da Silva, Eulina da Silva Lima, Francisco da Silva Feitosa, Ivo Henrique Soriano Rocha, João Marcos de Araújo Miranda, Leandro de Sousa Dias, Maiara Iasmin Alves da Silva, Maria Antônia de Oliveira, Monica Andrade da Silva, Mysshelen Ribeiro Cardoso e Tiago Rodrigues da Silva.

Odaléia Alves da Costa destaca que o livro traz um roteiro histórico da educação em Timon, contribuindo para observar as mudanças nas práticas e concepções de educação e ensino na parte continental do Maranhão. “Publicar é uma das etapas de toda pesquisa. Cada capítulo foi fruto de um projeto de pesquisa”, explica a professora.

O livro traz sete capítulos. No primeiro, há um panorama da história da Educação Rural no município, a partir de análises de projetos de lei e lei municipais e de criação das escolas rurais em Timon, de 1950 a 1975. No segundo capítulo, é analisado o papel social, político e religioso da educação na época, a partir do estudo do Grupo Escolar Padre Delfino (1958-1989). Já no capítulo três, os autores investigam a influência da religião e civismo na educação infantil na parte continental do Maranhão no período estudado, a partir do estudo do Jardim de Infância Santa Filomena (1962 a 1971), em Timon.

O capítulo quatro tem foco no contexto político regional e local no final da década de 1960, que levou à construção da terceira escola primária estadual em Timon, o Grupo Escolar Gov. Sarney. O capítulo cinco traz uma investigação sobre os aspectos políticos da criação da primeira escola de ensino secundário em Timon, o Ginásio Bandeirante (1968-1988). O estudo também averigua os currículos e disciplinas escolares vigentes na época, que incluía disciplinas como Educação Moral e Cívica (EMC) e Técnicas Agrícolas. Já o capítulo seis mostra a organização da rede escolar primária e secundária em Timon no início da década de 1970, para compreender a expansão escolar do período, identificando as distinções entre o modelo de escola primária da zona urbana e rural. O sétimo e último capítulo destaca o papel da Escola XV de Agosto (Centro Artístico Operário Timonense) na história da educação da cidade, a partir das memórias de uma diretora, professora e um ex-aluno.

NEPHIME

Criado em 2013, o NEPHIME, vinculado ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), desenvolve estudos sobre a história e memória das escolas na região dos cocais maranhenses. São realizadas pesquisas sobre a historiografia de Timon, sobretudo no aspecto educacional. Buscam-se fontes orais, documentais, iconográficas, observando desde aspectos mobiliários e arquitetônicos, como também as práticas educativas, festas e celebrações. O núcleo também se dedica à história da Educação Rural. Pelo grupo, já passaram cerca de 30 alunos pesquisadores. Atualmente o grupo é composto por alunos de graduação, especialização e mestrado, além de servidores do IFMA Campus Timon.

registrado em:
Fim do conteúdo da página